Iniciativa de triagem nutricional (NSI) e índice de massa corporal (IMC) na identificação da condição nutricional em idosos

Volume 1, edição anual - 2012

 

 

 

 


 Proposição de resumo para a

III Jornada de Estudos e III Semana Acadêmica do Curso de Nutrição

TITULO: INICIATIVA DE TRIAGEM NUTRICIONAL (NSI) E ÍNDICE DE MASSA CORPORAL (IMC) NA IDENTIFICAÇÃO DA CONDIÇÃO NUTRICIONAL EM IDOSOS

Autor(es): Silva, F.P.¹; Bolner, B.B.2; Hert, A.2; Tambara, T.3; Kirchner, R.M.4, Dallepiane, L.B.5

Instituição: ¹ Curso de Nutrição UFSM/CESNORS – Bolsistas PIBIC-REUNI; ²Curso de Nutrição UFSM/CESNORS – Bolsistas PIVIC; 3 Nutricionista UFSM, 4Curso de Biologia UFSM/CESNORS – Docente,5 Curso de Nutrição UFSM/CESNORS –Docente.

Palavras chave: Triagem nutricional, IMC, Idoso, estado nutricional.

RESUMO

OBJETIVO: Comparar a Iniciativa de Triagem Nutricional (NSI) e o Índice de Massa Corporal (IMC) em idosos para identificação da condição nutricional. METODOLOGIA: Pesquisa quantitativa, descritiva e transversal, realizada com idosos de Palmeira das Missões / RS, ambos os sexos, selecionados ao acaso e amostra considerando uma margem de erro de 5%. .As variáveis analisadas foram: a) Antropométricas: peso e estatura. O IMC foi calculado dividindo-se o peso em kg pelo quadrado da estatura em metros e o resultado expresso em Kg/m2 e classificado segundo Lipschitz (1994); c) Triagem Nutricional: foi utilizado o instrumento denominado Nutrition Screening Initiative – NSI (Iniciativa de triagem nutricional) para identificar idosos em risco nutricional . O resultado fornece um escore do estado nutricional que foi comparado com o IMC. A NSI é uma avaliação subjetiva composta de 10 questões, que investiga pontos de risco para: doenças: hábitos alimentares precários; perda dental ou dor de dente; dificuldade econômica; contato social reduzido; múltiplos medicamentos; perda de peso involuntária nos últimos 6 meses; necessidade de auxílio na cuidado próprio. RESULTADOS: Dos 449 idosos, 48,1% estavam classsificados em excesso de peso de acordo o IMC. Já, a avaliação pelo Nutrition Screening Initiative – NSI (Iniciativa de triagem nutricional) identificou 26,9% idosos em risco nutricional moderado e 26,3% em alto risco nutricional, o que somando os dois indica que 53,2% dos idosos apresentavam risco nutricional. Quando relacionado o IMC com a NSI, observou-se que 23,7% dos idosos estavam em excesso de peso pelo IMC e bom estado nutricional segundo o NSI. CONCLUSÕES: A pesquisa mostra que apesar de os dois instrumentos serem utilizados para avaliar a condição nutricional de idosos, o NSI tem o objetivo de identificar idosos em risco de desnutrição, não associando o excesso de peso com mau estado nutricional.